TRIGLICERÍDEOS E LONGEVIDADE

            As pessoas se preocupam muito com os níveis de colesterol como fator de risco para as doenças vasculares que podem atingir órgãos como coração, cérebro, rins ou qualquer outra parte do organismo humano. É muito comum atender pessoas em uso de medicamentos apenas para diminuição do colesterol, estando com altos índices sanguíneos de triglicerídeos. Há no Brasil uma supervalorização do colesterol e um grave menosprezo em relação aos triglicerídeos. Vale, assim, destacar que os triglicerídeos elevados podem estar relacionados ao menor tempo de vida, além de serem fortes fatores de risco vascular e de esteatose hepática ou gordura no fígado.               

            Os triglicérides, triglicerídeos ou triacilglicerol são as principais moléculas de gordura do organismo humano. São produzidos tanto pelo corpo, como a partir da alimentação através das gorduras e dos carboidratos (pães, macarrão, farinhas, cuscuz, biscoitos, bolos, pizzas, pasteis, massas, arroz em excesso ou batata). Sua principal função é fornecer energia para os músculos. E quando não são usados como energia, ficam armazenados na forma de gordura no tecido adiposo.

As taxas de triglicérides devem permanecer em até 150 mg/dl de sangue. Entre 150mg/dl e 200mg/dl, a situação já é limítrofe. Acima desses valores, os triglicérides estão relacionados a um maior risco cardiovascular, esteatose hepática (gordura no fígado), obesidade, dentre outros.

Causas do triglicérides alto

– Alimentação rica em carboidratos simples (açúcar, farinha branca etc.) e gorduras, principalmente de origem animal (carnes, leite integral e queijos amarelos);

– Falta de atividade física – O exercício físico consome a energia produzida pela gordura e pelos carboidratos;

– Hipertrigliceridermia familiar ou alterações genéticas.

Fatores de risco

– Acúmulo de gordura abdominal (visceral)

– Alcoolismo

– Diabetes não controlado

– Hipotireoidismo não tratado adequadamente.

– Excesso de peso ou obesidade

– Resistência insulínica

– Síndrome metabólica

Como diminuir seus triglicérides

Evite massas, farinhas, alimentos açucarados e refinados. Preferir farelo de aveia.

Exercite-se regularmente e mantenha um peso saudável.

– Limite a ingestão de álcool.

– Substitua a carne vermelha por peixes ricos em ômega-3 (bacalhau, salmão, sardinha e atum) e a gordura saturada pela monoinsaturada encontrada no azeite puro e crú ou amendoim. Não esquentar óleos, evitando frituras. Cuidado com excesso de ômega-3 em altas doses em capsulas sintéticas.

– Se as mudanças de estilo de vida não forem suficientes, pode ser necessário o uso de medicamentos. Vale salientar que os medicamentos para diminuir colesterol (estatinas) não reduzem os triglicerídeos, enquanto os utilizados para triglicerídeos (fibratos) podem reduzir os níveis colesterol com menos efeitos colaterais.

            Manter os triglicerídeos em dia também contribui para atingir uma maior longevidade. A maioria dos centenários tem níveis baixos de triglicerídeos,  informa o geriatra e gerontologo Antônio Claudio Neves Diretor do IAL- Instituto de Atenção à Longevidade.

1 thought on “TRIGLICERÍDEOS E LONGEVIDADE

  1. Parabens pelo seu trabalho,em cuidar da saúde do próximo…através das dicas, na sua especialidade e competência.
    Deus abençoe sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *