Beba suco de maçã

Ele pode agir como um medicamento de combate ao Alzheimer

Saiba porquê

Autor: Jean Carper

É como um remédio natural. De acordo com pesquisas recentes, o suco de maçã pode estimular a produção de acetilcolina no cérebro, mesma função do donepezil, substância mais usada no tratamento do Alzheimer. Cientistas já sabem há quarenta anos que cérebros destruídos pela doença costumam ter escassez do neurotransmissor acetilcolina, essencial para a formação de memórias e o aprendizado. Portanto, faz sentido estimular as células nervosas a produzir a substância, fortalecendo a memória e desacelerando o declínio mental. Para isso, foi feito o donepezil. E, para surpresa geral, o suco de maçã atua de forma semelhante, dizem pesquisadores da Universidade de Massachussetts, em Lowell.

Cientistas misturaram suco de maçã concentrado na água que deram a ratos de idade avançada. Dito e feito: a produção de acetilcolina no cérebro desses ratos aumentou.  E, de acordo com o principal pesquisador do estudo, o neurobiólogo celular Thomas Shea, mais surpreendente ainda foi o aumento na rapidez e na precisão da memória e do aprendizado em tarefas como encontrar o caminho em labirintos. Ele atribui isso ao aumento da acetilcolina nas células nervosas, proporcionado pelo suco de maçã.

E quanto eles beberam? O equivalente humano a 450 ml de suco, ou então duas ou três maçãs por dia, durante um mês, diz Shea.

Ele explica que o suco aumenta a produção de acetilcolina ao suprir o organismo de antioxidantes, principalmente a quercetina, que previne a ação dos radicais livres nos neurônios. Outro estudo promissor feito em laboratório mostrou que o suco pode ajudar a diminuir o acúmulo de depósitos de beta-amiloide no cérebro, responsável peal doença de Alzheimer.

O que fazer? Siga o ditado de que uma maçã por dia (ou melhor, duas maçãs ou dois copos de suco) mantem você longe do médico – nesse caso, do neurologista geriátrico. E um bônus para o cérebro: as maçãs também ajudam a combater inflamações; reduzem o risco de diabetes tipo 2, pressão alta, AVC e gengivite; e ajudam a diminuir a barriga –  fatores que contribuem para a doença de Alzheimer. Isso mesmo. De acordo com uma análise do governo americano, pessoas que bebem um copo de suco de maçã, comem uma maçã grande ou uma xícara de purê de maçã por dia são 21% mais aptos a ter uma cintura mais fina – e isso significa menos chances de desenvolver Alzheimer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *